Arquivo

Archive for the ‘Os sentimentos dizem…’ Category

A esperança continuará lutando

11/ fevereiro / 2019 Deixe um comentário

A lama levou centenas.
O incêndio, uma dezena.
A explosão, um ícone.

Embora simples,
Tristes e frágeis,
Continuemos por aqui,
Tocando o barquinho.

O segredo das árvores

29/ dezembro / 2018 Deixe um comentário

Se hoje, as crianças brincam com seus celulares e tablets, na minha infância, eu subia nas árvores.

Ali, imaginava o falar, o crescimento de cada uma delas.

E pensava: Como uma simples planta tão frágil teria crescido? Quais galhos eram mais antigos? Por que uns mais fortes?

Além disso, minha vida era olhar para suas copas e ali, procurar o azul do céu.

A natureza tem o poder de tirar o imediatismo do estresse diário e nos lembrar que a vida é muito mais que aplicativos, receitas mágicas e respostas peremptórias.

O que não acontece agora não implica que nunca vai acontecer. Apenas existe um processo.

Olhar as árvores nos faz lembrar que cada passo na vida, cada conquista, cada desgaste e frustração, faz parte de um processo que no momento certo será admirado por alguém, que registrando com maior esforço que seja, não conseguirá contemplar seus sacrifícios para crescer e encantar, mas você saberá que valeu a pena.

E se Deus cuida das árvores? Que dirá de você? Que dirá de mim?

Acreditemos e vivamos o processo.

Os simples sonhos e planos se realizarão e cativarão muitos.

Calma, contemple árvores e viva pacientemente o processo da vida.

Em 2019, os galhos crescerão, daremos sombra aos que precisam de descanso e encantaremos a muitos.

Vivamos o processo da vida! Carpe Diem! Este é o segredo.

O sorriso constrói pontes 


O sorriso constrói pontes.

Sempre tive admiração por pontes.

Sei lá, em princípio, porque encontrei nelas o instrumento para aproximação de lugares afastados pelas águas? para facilitar acessos no interior do Amazonas? Isso seria tão lógico.

No decorrer da vida, as pontes que nos fazem andar sobre as águas, passaram a me fazer ser livre. Por algum tempo, as pontes nos fazem ficar envolvidos no habitat natural. Pode até parecer estranho, mas os  poucos segundos, minutos sobre as pontes refrescam meu alento, me aproximam de Deus, me deixam mais perto de mim.

Ao contrários dos muros, os quais embora nos protejam, mas que acabam nos deixando em um casulo, portanto, insensíveis, sem empatia, sem alma, as pontes nos reconstroem, nos dão novos ares, provocam, sim e novas paisagens.
Ainda bem, que alguém decidiu fundir ferros e concreto, e assim, algo aparentemente proibido e perigoso, foi realizado. As terras se uniram e as águas deixaram de ser impedimento para os distantes.

Todos os dias, diante de cada um de nós, existem opções, para ficarmo sob o pretexto de nos protegermos, na estática vida sem sonhos e planos, conformados com a mediocridade, o normal. Lado outro, há novos lugares, novos projetos, novos temas a aprender.

Se por um acaso, acabamos nos acostumando com a rotina, com os fracassos, com o “não deu”, permita-me a estimulá-lo a construir pontes nas relações, no trabalho, na sua preparação para concurso, com você mesmo. Um novo curso, uma nova agenda, uma nova postura, uma corrida, uma prática esportiva. Algumas pontes que, com certeza, produzirão novas esperanças e realidades. Dentre tantas pontes, comecemos com alegria, vontade de viver e gratidão. Esta identidade já nos faz sentirmos bem melhor, uma ponte no nosso humor.

Quer começar bem o dia? Sorria! O sorriso é o idioma universal da paz, da afetividade.

O sorriso constrói pontes entre as almas, aproxima relações, acalma ânimos exaltados, cura a Alana de quem movimenta os lábios e produz em quem recebe um novo dia.

Sorria! 😁

A vida é frágil, mas viver é um lindo momento 


Tá, a vida é frágil, 

Mas, viver é um lindo momento. 

Parar e presenciar o sol, faz a gente esquecer qualquer lamento.

Após as adversidades da vida, haverá um sol que querendo ser gente, aquecerá a alma da gente.
Os intervalos dos sonhos são a chance da alma “respirar” e a vontade de realizar mais forte voltar. 

Nessa hora, encontre brilho no luar, aproveite o momento, porque amanhã, o sol voltará. #sunset #carpediem

#sunset

O significado do sacrifício

5/ novembro / 2017 1 comentário

O significado do sacrificio (video)

Quando você ver uma pessoa em forma não imagina o sacrifício que ela passa.

Grande parte das pessoas que prezam pela boa forma, precisam regular seus desejos gastronômicos, deixar uma guloseima de lado. Além disso, trocam a cama pela prática de atividades físicas.

Quando você observa uma pessoa em uma moradia boa não imagina o sacrifício que ela passou.

Seja na economia para adquirir o imóvel, seja na espera para que ele aprontasse, seja nos esforços para que tudo ficasse da forma mais bonita.

Nas Olimpíadas, são comuns matérias jornalísticas contando a trajetória dos atletas que chegaram ao pódio. Sem dúvidas, ficamos emocionados com as biografias, contusões, renúncias de cada herói.

O sucesso profissional e a aprovação em um concurso público não poderia ser diferente.

As pessoas realizadas que chegaram na aprovação também possuem uma história semelhante daqueles que fizeram dietas

Da mesma forma, quando você observa uma pessoa aprovada em concurso público.

Provavelmente vai ouvir que ela estudou madrugadas, deixou o jogo de futebol, abdicou de uma série de baladas, muitas até rejeitaram romances…

Sim, não há como escapar, o sucesso nos concursos públicos não dispensa o sacrifício.

Quando pensamos em sacrifício, devemos deixar muito claro o significado da palavra.

Muitos minimizam o significado do sacrifício a desenvolver uma agenda de estudos. Outros compreendem que sacrifício seria um esforço. Ah,,,isso ainda não é sacrifício.

Sacrifício é sair completamente da zona de conforto.

Daí, gostaria de compartilhar em duas ilustrações que me parecem remeter ao conceito correto de sacrifício.

A história da galinha e do porco – Na estória (que achamos facilmente na internet), vemos que para o lanche excelente, o porco tinha que morrer para entregar o bacon, enquanto a galinha simplesmente lhe dava o ovo.

Outra história acontece em uma noite. Duas pessoas estavam andando na rua, ocasião em que a temperatura cai e a noite fica bastante fria. Porém, uma possuía casaco e outra não. Diante do frio, a mulher pediu ao rapaz que fizesse o sacrifício de ceder o casaco. O pedido foi negado sob o argumento que ele só tinha um casaco. Ao tempo, ela respondeu: Se você me emprestasse somente se tivesse 02 casacos, isso não seria sacrifício, mas apenas um favor do que lhe sobrava.

De fato, sacrifício não é dar o que sobra, estudar no tempo que sobra, gastar o dinheiro que sobra. Sacrifício é abrir mão do que tem.

Para chegar a aprovação, o sacrifício vai muito além de um envolvimento com o tema concursos públicos, com a realização de provas ou com estudos irregulares, sem projeto, mas se manifesta em um nível de entrega marcado pelo compromisso.

O sacrifício é a ponte que une a realização de concursos e a aprovação.

Essa ponte passa pelo tempo dedicado aos estudos. Não do tempo de folga, mas sacrificar tempo que poderia ser utilizado para lazer, outras atividades, sono em horas e madrugadas de concursos. Se você está estudando apenas em momentos sazonais (semanas estudando muito, semanas estudando nada), colocando limites e “se achando muito” porque já estudou algumas horas, você ainda não sabe, ainda não está caminhando na ponte do sacrifício.

A ponte do sacrifício é construída com dinheiro. Sim, dinheiro. Não há aprovação sem investir dinheiro, muito dinheiro para aprovação. A tentação e as dificuldades financeiras sempre me tentaram a comprar os livros mais baratos, cursos preparatórios mais baratos etc.

Porém, uma coisa entendi. As despesas que tive para chegar a aprovação não decorriam de um dinheiro que estava sobrando, mas porque deixei muitos prazeres de lados para comprar livros, materiais, inscrições, mesas, cadeiras (sim, no plural), cursos preparatórios bons.

Não se iluda pensando que qualquer livro já é suficiente, que qualquer cursinho é sinônimo de preparação. Não há como negar: tudo p que é bom custa caro. Para isso, sua vida financeira vai abrir de muita coisa para aprovação.

Realmente, eu muitas vezes, sacrifiquei restaurantes, shoppings, carros melhores, moradia melhor, viagens porque meu gasto mensal com concursos públicos comprometia bastante minha renda. As despesas com concursos não era do que sobrava, mas eram destinadas com prioridade do dinheiro que eu tinha. Lembro que no decorrer da jornada, escolhi abrir mão de um emprego para ganhar 20% a menos em outro, tudo porque encontraria mais tempo para estudar e chegar no meu objetivo.

Por que as pessoas se sacrificam?

Simples: As pessoas que sacrificam entenderam a noção de “perder para ganhar”.

As histórias de sucesso são marcadas por sacrifícios anteriores até o sucesso . Veja as histórias de Michael Jordan no basquete, Ayrton Senna. A trajetórias deles são marcadas por muitas renúncias, mas aceitavam isso de forma emocionalmente inteiigente porque acreditavam que as perdas seriam supridas pelas vitórias.

Se você já entendeu o real significado do sacrifício, compreenda e acredite que todas as pessoas que se submeteram ao sacríficio é porque compreenderam que vale a pena “perder para ganhar”.

Para terminar, lembro uma frase do escritor alemão Goethe: “Um grande sacrifício pode até ser fácil, mas os sacrifícios pequenos e contínuos é que custam caro”.

Esse é o sacrifício que liga o concurseiro à aprovação. Todo dia, um pequeno e continuo sacrifício.

O sacrifício será muito bem recompensado.

Todo sacrifício valeu a pena para mim, Valerá a pena para você!

 

 

 

Todo

Você perde hoje, mas ganhará amanhã! Sua aprovação vai chegar.

Calma! É apenas o entardecer 

1/ novembro / 2017 Deixe um comentário


Calma
Nao tenha medo do entardecer.

Deixe que ele leve tudo o que te fez sofrer.
A noite vem, 

A niite vai 
Amanha, 

A esperanca reflorescerá ao amanhecer!
Essa experiência 

Que nos ensina a viver. 
Calma.

Amanheceu, Recomeçou! 

29/ outubro / 2017 Deixe um comentário

Ah! 

Existem noites que não acabam? 

Mas, na maioria, o dia começa e leva a escuridão.

Quando a luz chega e o sol aquece, é hora de pensar que a solidão, a tristeza, ficaram la atrás com toda desilusão.

Joga de lado,Não fica morgado. Esquece o passado.  

O dia amanheceu, a luz voltou, o sol nos esquentou….

A natureza Divina fez tudo isso e nos lembrou que é hora dizermos para nós mesmos: 
O SONHO APENAS RECOMEÇOU!